Técnicas laboratoriais para análise do estresse oxidativo

Minicurso:
Avaliação do estresse oxidativo em doenças infecciosas e crônicas não transmissíveis.
15 vagas

Conteúdo:
O minicurso tem o objetivo de introduzir ao estudante o teste de análise das Substâncias Reativas ao Ácido Tiobarbitúrico (TBARS), através do qual se quantifica os níveis de peroxidação lipídica plasmática. Essa é uma alteração inicialmente observada em humanos com estresse oxidativo no organismo.

Instrutor:
Dra. Michelli Ferreira

Local: 
Prédio do Curso de Medicina (Laboratório de Pesquisa)

Confira outros minicursos clicando aqui.

Tira-dúvidas sobre o FICMED

SOMENTE ESTUDANTES DE MEDICINA PODEM PARTICIPAR DO FICMED?
Não. O evento é destinado a qualquer estudante da área da saúde e, também, a profissionais da área e pesquisadores.
AS INSCRIÇÕES PODEM SER FEITAS SOMENTE PELO SITE?
Não. Os interessados podem se inscrever presencialmente, mas apenas no primeiro dia de evento.
COMO FUNCIONA A ESCOLHA DOS MINICURSOS OFERTADOS NO EVENTO?
No ato da inscrição, o participante deve optar pelo minicurso que lhe interessar. Lembrando que as vagas são limitadas e não há custo adicional. Confira a lista de minicursos aqui
TODOS OS TRABALHOS CIENTÍFICOS SUBMETIDOS NO FICMED DEVEM TER ORIENTADOR?
Sim. Todo o trabalho a ser submetido deve ser orientado por docente regularmente ativo em alguma instituição de ensino superior.
CADA TRABALHO PODE TER ATÉ QUANTOS AUTORES/CO-AUTORES?
Qualquer trabalho a ser submetido no FICMED deve possuir, no máximo, cinco pessoas (considerando autor, co-autores e orientador).
O ORIENTADOR DO TRABALHO PRECISA SE INSCREVER NO EVENTO?
Não. Apenas o autor do trabalho deve obrigatoriamente estar inscrito no evento antes de realizar a submissão.
TANTO O AUTOR COMO OS CO-AUTORES DO TRABALHO DEVEM OBRIGATORIAMENTE ESTAR INSCRITOS NO FICMED?
Não. Apenas o autor deve estar inscrito no momento da submissão. Aos demais, é facultativo.